Picciani e Lindberg se merecem

  Jorge Picciani está gastando fortuna incalculável para chegar ao Senado.
Duas carretas desembarcaram toneladas de papel em seu escritório.
Só que os santinhos que ele distribuirá, entre os candidatos a deputado pelo PMDB, não inclui o nome de Linberg Farias, seu companheiro de chapa.
Ele acusa Lindinho de fazer o mesmo com o material direcionado ao PT.
Os dois tem razão. Eles se merecem.