O escândalo do DEM no DF – 3

 Odilon Aires foi presidente da Comissão de Ética e Decoro Parlamentar da Assembléia de Brasília. Ele recebia R$ 30 mil por mes, desde 2002, segundo Durval Barbosa.