Gabeira: devagar, quase parando

Do deputado Fernando Gabeira em seu blog:
“Alguns jornais on line afirmam que  apoiarei  as candidaturas de Marina e Serra no primeiro turno e se equivocam.
O acordo feito em nível nacional e estadual era de que apoiaria Marina e a coligação dos três partidos apoiaria Serra .
Isto foi mencionado algumas vezes em reportagens anteriores.
Sou candidato da coligação no sentido de que não farei distinção entre candidatos a cargos proporcionais do  PV e dos partidos aliados.
De repente, algo que foi sempre claro ficou obscuro.
Espero que fique claro de novo”.
               * * *
E mais não disse.
               * * *
Se alguém utilizasse um único vocábulo para resumir a figura do candidato Fernando Gabeira, talvez a melhor palavra fosse ‘moderno’.
E há anos Gabeira vem sendo assim: moderno.
Não está em discussão suas opiniões sobre a vida em si, mas sim os instrumentos que hoje ele utiliza.
Gabeira tem um portal, tem um blog, está ligado no Twitter, no YouTube, no Orkut, no Facebook, no Flickr e no Ning.
Mas a única menção que existe, no blog, referente a sua candidatura, são essas 86 palavras na abertura da nota.
Nas três notas anteriores – publicadas dias 29 e 30 de abril, e ontem – o candidato mostra sua preocupação com o desastre ecológico nos Estados Unidos.
A mancha de óleo mereceu 810 palavras.