• Quinta-feira, 05 Agosto 2010 / 10:15

Cesar sobre o debate: “nada mudará”

  Análise do ex-prefeito Cesar Maia sobre o debate de hoje na Band:
“O debate em si não produz desdobramentos para um período maior que 48 horas. Mas a cobertura do debate no dia seguinte por toda a imprensa pode produzir. A “audiência” da cobertura é muito maior que a “audiência” do debate. No final, se houver uma versão consensual da imprensa, esse será o “debate”.                   
O que vai acontecer é fácil prever, analisando centenas de debates pelo mundo afora. A líder nas pesquisas irá ao debate para “tocar realejo”, expressão usada na política para discurso de político que quer apenas cumprir agenda e não produzir espuma. O candidato da oposição vai procurar mostrar sua maior capacidade e experiência e criar insegurança quanto ao futuro com ela.        
A candidata neutra e amazônica tem uma grande chance de ser o destaque no dia seguinte. Esse é o desejo implícito da imprensa: animar a campanha, descobrindo um tercius. Mas para isso, deverá mostrar ao tempo de ser afirmativa (que tem sido), ser suave (que não tem sido). Se ela aproveitar a boa vontade, dizendo coisas do agrado da imprensa (ética na política, não às garras do Estado, sim à liberdade de imprensa sem condições, sim à redução de impostos…), no outro dia será a vencedora do debate.            
A opinião deste Ex-Blog é que Serra vencerá o debate em si, de baixa audiência e atenção. E Marina vencerá o “debate do dia seguinte” na imprensa. E…, nada mudará.

  • Quarta-feira, 04 Agosto 2010 / 22:15

Amanhã tem debate na Band

  Amanhã, finalmente, o primeiro debate entre os presidenciáveis, na Band, a partir das 22 horas.
Para quem ainda não assistiu, veja como foi a participação de Lauro Rodrigues, do PTdoB, em 2008, durante debate entre os candidatos à prefeitura de Curitiba.
É para morrer de rir.

  • Quarta-feira, 04 Agosto 2010 / 11:36

Eleições, recorde de debates

    José Serra insiste em dizer que Dilma Rousseff foge dos debates pois não tem o que dizer de improviso.
Hoje, na ‘Folha’, o excelente repórter Fernando Rodrigues assina uma matéria demonstrando exatamente o contrário: nunca se fez tanto debate no país.
Eis o seu texto:
“A história é antiga. Em períodos eleitorais, sempre há no ar a sensação (verdadeira) de que os candidatos a presidente evitam debates.
Desta vez, os presidenciáveis podem até se esquivar da boa troca de ideias, mas 2010 ficará marcado por ter o maior número de debates da história entre os mais bem colocados nas pesquisas.
Amanhã, na TV Bandeirantes, começa a temporada desses encontros. Ao todo, serão cinco até o dia 3 de outubro -sempre reunindo, pelo menos, os três primeiros colocados nas pesquisas. Em todas as outras eleições presidenciais brasileiras, nunca todos os favoritos estiveram presentes a tantos debates.
Há também uma novidade: o debate Folha/UOL, marcado para o dia 18 e o primeiro até hoje com transmissão ao vivo pela internet. Dilma Rousseff (PT), José Serra (PSDB) e Marina Silva (PV) estarão presentes. Farão um confronto aberto, com menos regras do que as impostas ao rádio e à TV.
A eleição com mais debates foi 1989: ao todo, oito no primeiro turno. Um recorde numérico, mas não qualitativo. Nenhum desses encontros contou com o candidato depois vencedor, Fernando Collor de Mello. Ou seja, seria como realizar agora um debate sem Serra ou Dilma.
Em 1994, Fernando Henrique Cardoso (PSDB) só aceitou debater uma vez. Em 1998, não houve debates.
Em 2002, houve três debates entre os mais bem colocados nas pesquisas: Luiz Inácio Lula da Silva (PT), Serra, Anthony Garotinho (PSB) e Ciro Gomes (PPS). Em 2006, foi a vez de Lula fazer “forfait”: faltou a todos os debates no primeiro turno”.

  • Quinta-feira, 29 Julho 2010 / 10:40

Dilma tem desculpa para Garotinho

  Ilimar Franco informa que Dilma Rousseff não virá ao comício de Garotinho e Fernando Peregrino, “na próxima terça-feira”, pois os assessores da candidata preferem “não desagradar ao governador Sergio Cabral nem posar ao lado de um alvo da Lei do Ficha Limpa”.
É possível que tudo seja verdade.
Só que o TRE aprovou a candidatura de Garotinho.
E mais: o ex-governador, talvez já sabendo do corpo de mole da petista, mudou a data do comício para o dia 5, quinta.
E nessa data ela não viria mesmo.
Dia 5, às 10 da noite, se realiza o primeiro debate entre os presidenciáveis, na Band.

  • Segunda-feira, 26 Julho 2010 / 20:40

70% condenam o Cabral Fujão

   O Globo Online colocou nova pesquisa no ar:
“Você deixa de votar em candidato que não participa de debate?”
Até o momento, apenas 107 responderam, mas dá para notar que a grande maioria condenará essa postura.
                 * * *
Vejam o resultado:
Sim, porque demonstra que ele não tem conteúdo – 25.23%
Sim, porque indica que ele tem medo das acusações dos adversários – 16.82%
Sim, pois mostra que ele foge da responsabilidade – 28.97%
Não, pois eu já o conheço – 14.95%
Não, porque é uma estratégia para manter a liderança – 2.80%
Não, mas ele perde um pouco da confiança dos eleitores – 11.21%
                 * * *
A condenação é superior a 70%. Por isso Cabral voltou atrás.
Mas por enquanto só aceitou o debate da Band.

  • Terça-feira, 13 Julho 2010 / 3:59

TVs acertam debate de candidatos

“Os comandos dos partidos e emissoras de televisão já fecharam as datas em que serão promovidos os debates dos presidenciáveis na TV aberta.
A Band abre a rodada de confrontos entre José Serra (PSDB), Dilma Rousseff (PT) e Marina Silva (PV) no dia 5 de agosto. Em caso de segundo turno, novo confronto será realizado em 10 de outubro.
“Os internautas participarão dos debates, o que será uma novidade para os candidatos”, afirmou Fernando Mitre, diretor de jornalismo da Band.
Na Rede TV!, o debate do primeiro turno irá ao ar no dia 12 de setembro e, em caso de segundo turno, novo programa irá ar no dia 17 de outubro. O jornalista Kennedy Alencar, repórter da Folha, comandará os dois eventos.
A Rede Globo fechará a rodada de debates do primeiro turno, levando os presidenciáveis a seus estúdios no dia 28 de setembro. Em caso de segundo turno, haverá nova rodada no dia 28 de outubro.
A Record foi procurada pela reportagem, mas disse não ter oficializado as datas dos programas”.

Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.