• Quinta-feira, 01 Março 2012 / 16:38

Chávez “planando como um condor”

     Do Globo Online:
     “O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, rompeu seu silêncio na quarta-feira após retirar em Cuba uma nova lesão supostamente maligna na mesma região onde foi detectado um câncer em junho passado. Via Twitter, Chávez disse estar se recuperando bem e planando como um o condor.
“Envio a vocês todo o meu amor supremo. Nós viveremos e nos recuperaremos”, escreveu entusiasmado o líder socialista de 57 anos na rede social, “Aqui vou eu, planando como o condor”.
Apesar de uma avaliação otimista oficial do procedimento realizado na última segunda-feira em Cuba, algumas fontes, incluindo o jornalista e blogueiro venezuelano Nelson Bocaranda, sugerem que o estado de saúde de Chávez é pior do que o anunciado por Caracas.
Exames realizados no hospital Cimeq, o mais renomado de Havana, mostraram que os esteroides usados pelo presidente da Venezuela para melhorar sua aparência durante o tratamento de câncer e voltar a fazer aparições públicas pioraram seu quadro de saúde, revelou na quarta-feira Bocaranda, em sua página na internet.
Segundo Bocaranda, na avaliação de um médico brasileiro que faz parte da equipe responsável pelo acompanhamento do caso do presidente, o uso deste recurso foi contraproducente. De acordo com o blogueiro, essa é também a análise de outros oncologistas do Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, que atribuem ao abuso desse elemento o rápido avanço do tumor encontrado. E, com base nessa interpretação, o presidente não poderá, ao menos por enquanto, fazer uso de esteroides para melhorar o semblante em eventos públicos.
Bocaranda relata que Chávez teria sido submetido a duas cirurgias, a primeira seria uma intervenção cirúrgica para aprimorar o diagnóstico, e a segunda, de extração da lesão, realizada na manhã de terça-feira. Ele afirma ainda que foram feitas várias biópsias de diferentes órgãos. O jornalista conta que, com o resultado dos exames, a equipe médica verificará se será necessário retomar as sessões de quimioterapia a partir de abril. Essa opção representaria uma real preocupação para o comando de campanha do candidato à reeleição, pois os efeitos do coquetel químico ficariam bastante evidentes.
Especialistas afirmam que enfrentar o câncer pela segunda vez pode, de um lado, despertar uma onda de solidariedade em relação ao presidente, mas, de outro lado, caso pareça enfraquecido pelo tratamento, pode torná-lo vulnerável a dúvidas sobre sua capacidade de governar em um novo mandato de seis anos”.

  • Quarta-feira, 29 Fevereiro 2012 / 8:34

Chávez passa por terceira cirurgia

    Deu na ‘Folha’:
    “O Palácio de Miraflores confirmou em um comunicado ontem que a “lesão” na pélvis do presidente Hugo Chávez, 57, foi retirada durante uma cirurgia em Cuba. Ele está em Havana desde a última sexta.
De acordo com o texto, lido pelo vice-presidente, Elías Jaua, na Assembleia Nacional, o resultado foi “satisfatório” e Chávez se recupera bem.
Segundo o comunicado, o presidente está em contato permanente com o vice, o que, diz o texto, assegura a divulgação com “transparência” de informações sobre sua saúde.
Não foi divulgado, no entanto, se a “lesão” é um tumor. Na semana passada, Chávez admitiu esta possibilidade. Ele mencionou que a “lesão” teria cerca de 2 cm e estaria situada na pélvis.
O comunicado diz que foi retirada uma parte de tecido próxima à “lesão”, sem complicações nos outros órgãos. Não se sabe quanto tempo vai durar o tratamento na ilha.
É a terceira cirurgia a que Chávez se submete em Cuba. Em junho, após a retirada de um abscesso, ele anunciou a detecção de um tumor, também extraído, numa segunda cirurgia. Depois, passou por sessões de quimioterapia.
Pelas poucas informações divulgadas, médicos ouvidos pela Folha acreditam que o diagnóstico é compatível com câncer no intestino.
O presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia Oncológica, Ademar Lopes, diz que é “alta” a possibilidade de a lesão retirada ter sido novamente um tumor maligno.
“Sendo maligno e tendo voltado, as chances são mais complicadas”, disse Lopes. Para outro especialista, a necessidade de nova cirurgia tão rápido é “mau prenúncio”.

  • Sábado, 18 Fevereiro 2012 / 12:39

Chávez diz que não tem câncer

     Deu no ‘Globo’:
     “O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, rebateu ontem as informações de que seu câncer estaria em processo de metástase, conforme revelado pelo colunista do GLOBO, Merval Pereira. Em um encontro com lideranças do governista Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV), Chávez fez questão de demonstrar disposição para a campanha visando à reeleição.
- Peço a Deus, à Virgem e aos espíritos das savanas que o câncer que se foi de meu corpo não volte nunca mais para lutar e viver – disse o presidente.
Ele acusou a imprensa pelas versões sobre uma piora de seu estado de saúde – e que eventualmente o tirariam da disputa para permanecer na Presidência da Venezuela. Chávez mandou, ainda, um recado velado ao rival eleito pela oposição para enfrentá-lo nas urnas, Henrique Capriles Radonsky.
- Vou lutar todos os dias, todas as noites que me restem em vida pra impedir junto a vocês que a burguesia venezuelana volte a tomar a Venezuela para entregá-la ao império ianque. Não permitiremos isso – assegurou. – As versões da imprensa continuam saindo na Europa, em alguns países da América do Sul, dizendo que estou praticamente morto. Claro que todo ser vivo um dia morrerá.
No mês passado, o jornal espanhol “ABC” afirmou que ele teria entre nove e 12 meses de vida, baseado num relatório confidencial elaborado por gente próxima à equipe médica”.

  • Quinta-feira, 16 Fevereiro 2012 / 18:23

A saúde de Hugo Chávez

      Do blog do jornalista Merval Pereira:
      “A saúde do presidente Hugo Chávez, da Venezuela, pode afetar a eleição presidencial. Os últimos exames, analisados por médicos brasileiros, indicam que o câncer está em processo de metástase, se alastrando em direção ao fígado, deixando pouca margem a uma recuperação.
Como a eleição presidencial se realiza dentro de 8 meses, a 7 de outubro, dificilmente o presidente venezuelano estaria em condições de fazer uma campanha eleitoral que exigirá muito esforço físico, pois a oposição já tem em Henrique Capriles um candidato de união.
O ex-embaixador dos Estados Unidos na OEA, Roger Noriega, invocando informações de dentro do governo venezuelano, escreveu artigo recentemente no portal de internet da InterAmerican Security Watch intitulado “A Grande mentira de Hugo Chávez e a Grande Apatia de Washington”.
Nesse artigo ele dizia que o câncer está se propagando mais rapidamente do que o esperado e poderia causar-lhe a morte antes mesmo das eleições presidenciais”.
                                 * * *
É possível que Chávez não esteja tão bem de saúde.
Mas o estranho é que, normalmente, nesses casos, a decandência física vem aos poucos, e não da noite para o dia.
Há menos de um mês, o Presidente Chávez esteve no Parlamento venezuelano para apresentar contas do que fez em 2011, e dizer o que pretende realizar nesse ano.
Ele se mostrou sereno durante todo o seu discurso - mesmo quando recebeu apartes de deputados da oposição, sendo que uma parlamentar chegou a chamá-lo de ladrão.
Sabem quanto tempo durou a exposição de Chávez?
Nove horas.
É difícil acreditar que um pré-moribundo possa discursar durante tanto tempo…

Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.