Cabral: PM do Rio condena greve

    Do colunista Luiz Carlos Azedo, do ‘Correio Braziliense’:
    “O governador do Rio, Sérgio Cabral (foto), do PMDB, garantiu ontem que não haverá uma nova greve de policiais militares no estado. Anunciou que o salário inicial da PM será aumentado de cerca de R$ 1.200 para R$ 1.669 e que o movimento a favor da paralisação não tem apoio da maioria da corporação, muito menos da população”.