Globo ganha Copas de 2018 e 2022

       Dos repórteres Eduardo Ohata e Rodrigo Mattos, da ‘Folha’:
       “Sem concorrência, a Globo arrebatou ontem os direitos de TV sobre os Mundiais de 2018 e 2022. Houve concorrência para essas competições em países como Alemanha, Itália e EUA, o que demonstraria um benefício à emissora. Mas, de fato, há países em que a entidade realiza negociações diretas.
“A Fifa aborda cada mercado de forma diferente de acordo com as circunstâncias. Depois da Copa de 2010, a Fifa discutiu com participantes do mercado do Brasil, incluindo a Globo”, explicou a entidade à Folha. “A Fifa atingiu o seu objetivo com o acordo com a Globo.”
Ao justificar a preferência, a Fifa deixou claro que a Copa de 2014 teve influência na decisão. Ressaltou que a Globo se comprometeu a fazer cobertura “sem precedentes” do segundo Mundial no país.
Com o contrato, a Fifa agrada o principal veículo de comunicação do país num momento de delicadas discussões no Congresso relacionadas à organização da Copa.
“A força de distribuição da Globo pelo vasto território do Brasil assegura que o torneio possa ser seguido pelo máximo de pessoas possível e foi um fator determinante na nossa decisão de estender o contrato”, afirmou o secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, no site da entidade.
Segundo a Folha apurou, a reação na Record foi de inconformismo, já que pretendia disputar os direitos de 2018 e 2022. Houve questionamentos na emissora em relação à falta de concorrência.
Na disputa pelos Mundiais de 2010 e 2014, a Fifa também deu preferência à Globo, mas antes ouviu outras emissoras.
A Record chegou a oferecer US$ 360 milhões (R$ 615 milhões) pelas duas competições. A proposta global foi um pouco inferior à da rival.
Mesmo assim, a Fifa alegou que levaria em conta o alcance da emissora em território nacional. A parceria entre a Globo e a entidade se estenderá por 52 anos, já que se iniciou na Copa de 1970.
Em comunicado, a Globo informou que poderá revender os direitos dos Mundiais a outras emissoras. E já fez isso com o torneio de 2014, em que terá parceria com a Band”.