Serra, o barata tonta

    Serra terminou a campanha como começou: como um barata tonta.
Só falou a imprensa, duas e meia depois do presidente do TSE proclamar o resultado das urnas.
E mais: falou depois da Presidenta eleita.
Deve ter sido o único caso, no mundo, onde o derrotado fala depois do eleito.