Renan retira o “coronel de merda”

O termo utilizado por Renan Calheiros contra Tasso Jereissati – “coronel de merda” – foi excluido da ata da sessão de quinta-feira do Senado, e não constará dos Anais da Casa. A expressão estava nas notas taquigráficas distribuídas naquele dia, mas agora ela sumiu.
Na edição de hoje, o ‘Estadão’ publica uma entrevista curta com Renan. Em certo momento, o repórter pergunta: 
- O senhor chamou o senador Jereissati de “”coronel de merda?
E Renan reponde:
- Não quero falar sobre isso, não. Já passou.