Será que ele vai?

 Diz o ex-prefeito Cesar Maia, em seu blog, que o governador Sergio Cabral, e o ministro de Direitos Humanos, Paulo de Tarso Vannuchi, foram convocados pela Comissão de Desenvolvimento Urbano, da Câmara de Deputados, ?para justificar e debater a construção de muros em torno de favelas no Rio.
Cabral foi quem decidiu erguer os muros de três meses de altura cercando 11 quilômetros de favelas na Zona Sul do Rio.
Mas ele nunca fez uma única declaração sobre o assunto.
Ao que parece, os jornais não tiveram a curiosidade de perguntar o que o governador teria a dizer sobre o tema.
Como se sabe, o Muro da Vergonha cerca e deixa confinados os eleitores de Lula.