• Sexta-feira, 26 Julho 2013 / 17:29

Rio tem mais presos que Cuba

Cuba comemora hoje o 60º aniversário da tentativa de tomada do Quartel de Moncada, ação liderada pelo comandante Fidel Castro.
Aliás, Cuba tem hoje menos presos políticos do que a cidade do Rio de Janeiro.
E nenhum desaparecido. Aqui temos vários, sendo que o mais recente foi o pedreiro Amarildo, pai de 6 filhos, morador da Rocinha.
A última vez que foi visto estava em poder da PM de Cabral.

  • Sexta-feira, 26 Julho 2013 / 17:29

Cabral, o bobo da côrte

No dia 3 de janeiro de 2012, o ‘Estadão’ publicou uma reportagem assinada pelas repórteres Luciana Nunes Leal e Vera Rosa.
Era a reinauguração do Palácio Guanabara, e Cabral discursou:
- O governador é o Pezão, o primeiro-ministro é o Regis e eu fico ali animando a festa.
Já que Cabral confessa sua total inutilidade, e o Estado não precisa de um bobo da corte, por que ele não pede o boné?
Fora Cabral!!!

  • Sexta-feira, 26 Julho 2013 / 17:24

Cabral falta a festa de sua avó

Não é só o Leblon que odeia Sergio Cabral.
Na semana passada, dona Regina, a avó do governador, fez 100 anos.
Ex-lavadeira, ela continua vivendo na mesma casa modesta no suburbio carioca de Cavalcanti. Mas Cabral não deu as caras.
Ele não consegue sair de casa.

  • Sexta-feira, 26 Julho 2013 / 17:05

Governo do Rio, mar de lama

Foto: Retrato do governo do Rio: mar de lama

  • Quinta-feira, 25 Julho 2013 / 17:38

Eike Batista, o pobretão

Deu na ‘Folha’:
“Eike Batista, que chegou a ser o oitavo homem mais rico do mundo, não é mais um bilionário. A fortuna do empresário foi estimada nesta quinta-feira em US$ 200 milhões. É um tombo e tanto para quem tinha, em março de 2012, US$ 34,5 bilhões.
Os dados são do ranking de bilionários da agência de notícias Bloomberg.
Segundo a agência, Eike deve ao menos US$ 2 bilhões na pessoa física e US$ 1,5 bilhão ao Mubadala, fundo de desenvolvimento de Abu Dhabi”.

  • Quinta-feira, 25 Julho 2013 / 17:34

Sonhar… não custa nada

Foto: Muito boa!

  • Quinta-feira, 25 Julho 2013 / 17:31

Dia 13 de agosto está chegando

Na semana passada, postei aqui o mapa astral de Cabral feito por Carlos Bola Hares – uma fera nessa arte.
Nele, Bola dizia que a combinação dos astros do governador eram semelhantes a de Hitler e de Napoleão, e seus problemas estavam apenas começando.
Pelo andar da carruagem, Cabral acaba algemado antes do dia 13 de agosto.

  • Quarta-feira, 24 Julho 2013 / 17:43

Amarildo e a família

Amarildo, acompanhado da familia, antes de desaparecer em uma das UPPs do ditador Sergio Cabral.

Foto: Amarildo, acompanhado da familia, antes de desaparecer em uma das UPPs do ditador  Sergio Cabral.

  • Quarta-feira, 24 Julho 2013 / 17:41

Joaquim, Cabral e Francisco

Do jornalista Ellio Gaspari sobre o fato do ministro Joaquim Barbosa ter negado o cumprimento a Presidente Dilma:
“Ele não faria isso com o Prefeito de Miami”.
Sobre os convidados de Sergio Cabral no Palácio Guanabara:
Lá “havia gente que, tendo ouro e prata, anda protegida por seguranças pagos pela patuleia (que cercou o Papa) da Presidente Vargas”.
Sobre as manifestações no palácio:
“Os distúrbios ocorridos nas cercanias do Palácio Guanabara faziam parte do cotidiano do governador Sérgio Cabral, não da rotina de Francisco.”

  • Quarta-feira, 24 Julho 2013 / 13:20

Abraji condena a PM do Rio

Nota oficial da Abraji sobre a ação da PM do Rio de Janeiro:
“A Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji) repudia as ações da Polícia do Rio contra jornalistas durante protestos na noite de segunda-feira (22).
Dois repórteres do Mídia NINJA foram levados a uma delegacia para averiguações. Um fotógrafo da AFP foi agredido na cabeça com golpes de cassetete. Agentes da PM detiveram… dois integrantes do movimento Mídia NINJA que transmitiam pela internet os protestos na região de Laranjeiras, zona Sul do Rio. Felipe Peçanha foi levado até a delegacia do Catete. Pouco depois, seu colega Felipe Assis, que estava transmitindo imagens do lado de fora, também foi detido. Ambos foram liberados depois de duas horas na delegacia.
O fotógrafo Yasuyoshi Chiba, que registrava os mesmos protestos contra os gastos com a recepção do Papa Francisco, foi agredido por um PM com golpes de cassetete na cabeça. Ele precisou ser levado ao hospital para realização de exames e curativos.
O também fotógrafo Marcelo Carnaval, de O Globo, foi ferido nos confrontos ao ser atingido na cabeça por uma pedra.
A Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo repudia este novo episódio de ação violenta da Polícia Militar do Rio de Janeiro contra profissionais da imprensa.
O Estado, ao contrário, deve prevenir e investigar intimidações e ameaças a comunicadores sociais. É o que determina a Declaração de Princípios sobre Liberdade de Expressão da Organização dos Estados Americanos. É preocupante que a polícia do Rio de Janeiro reincida nesta prática tão característica de regimes autoritários. A agressão e as prisões dessa segunda-feira (22.jul.2013) constituem ofensa violenta ao livre exercício da comunicação. Nenhuma instituição que apoie a democracia pode tolerar conduta deste tipo”.

Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.